O que um trader faz, como ser um profissional

O que um trader faz, como ser um profissional

Os traders são profissionais que ganham dinheiro em negócios de curto prazo (tais como eventos, futuros e moedas criptográficas) quer o mercado esteja em alta ou em baixa.

Como é ser um trader?

Significa: uma palavra que vem da palavra inglesa “trade” (comércio). Traduzido literalmente, significa comércio ou negócios.

Portanto, de acordo com esta lógica, trader significa ser um negociador/comerciante.

No contexto dos mercados financeiros, o termo trader refere-se a uma pessoa que realiza operações de compra e negociação, especificamente no mercado de ações. Este termo é usado em particular para aqueles que trabalham com pouca antecedência e que dedicam uma parte significativa do seu dia a esta atividade.

Um trader pode ser uma pessoa física ou uma entidade que negocia instrumentos financeiros tais como profissões, títulos, commodities, derivativos, etc., incluindo bolsas de valores, derivativos, futuros e commodities, trader esportivo, na qualidade de trader independente, representante financeiro, hedger, arbitrageur, especulador.

Perfil do negociante

Você sabia que existem características diferentes dos comerciantes?

Os mais populares no mercado, que se referem a indivíduos (autônomos), são

Escalpe: negócios com uma duração relativamente curta que pode durar alguns segundos.

Day trader: negociação em uma janela diária (Intraday: compra e negociação no mesmo dia, na mesma sessão, com o mesmo ativo e com o mesmo corretor)

Swing trader – negociações que têm o potencial de durar em média uma semana

Posição de trader: negociações que duram pelo menos um mês

Comprar e segurar: como o nome sugere, “negociar e segurar” a fim de construir um portfólio.

Além disso, também temos produtos (destinados ao mercado corporativo)

trader institucional: uma pessoa associada a uma organização do setor financeiro que desempenha a função que eles representam.

Corretor: é o executor das ordens relacionadas ao trato com seus comitentes (que são traders). Um corretor não toma decisões, mas apenas as executa.

Vendedor: intermedia negociações, fornece táticas e executa ordens de acordo com o consentimento de seu consumidor (ele é o agente da venda).

Como se tornar um trader?

Na verdade, a terminologia de um trader é que ele vende barato ou vende barato e negocia mais tarde. Simples e direto, mas não fácil.

Se você quiser se tornar um trader, você pode tirar proveito de certos tipos de estudos. As duas principais “escolas” de estudo são, seguir portais de traders, seguir um mentor e principalmente responder a questão o que é trader? Você vai aprender tudo para se tornar um trader profissional

Análise fundamental: raramente utilizada pelos traders, o termo para esta estratégia é verificar o que chamamos de “saúde da empresa/do ativo”, ou seja, no caso de atividades de demonstração, determinar, dadas algumas ferramentas específicas (tais como gráficos, indicadores, etc.), se a empresa é/virá a ser lucrativa, se é um bom pagador de dívidas, se há muita concorrência no mercado, etc. componentes que definem os fundamentos de uma empresa.

Análise técnica: os trader são os que mais a utilizam. É uma análise do movimento de mercado baseada unicamente no custo dos ativos. Sua análise se baseia em prever o próximo movimento de custos, se eles subirão ou descerão, o que explica a abordagem, parando os ganhos (da posição de ganhos) ou parando as perdas (da posição de perdas).

Os dois tipos mais comuns de estudos técnicos em tais momentos são a leitura de gráficos e a leitura do fluxo de pedidos.

Quanto ganha?

Esta não é a pergunta mais fácil de responder. A propósito, não há ilustração matemática, nem mesmo em torno de algo preciso. Tudo dependerá de sua compreensão do mercado, sua experiência (seja você um iniciante ou um trader profissional), seu controle emocional, o “tamanho de sua mão”, os pontos de entrada e saída do comércio, e outros componentes.

Deve ficar claro que, além da renda, há também a probabilidade de perda, pois estamos diante de um mercado com renda variável. Por esta razão, é necessário alinhar os primórdios de um comerciante famoso, como explicaremos nos tópicos seguintes.

Como se tornar um comerciante de sucesso?

Para poder fazer o triunfo esperado, o comerciante deve adquirir a mentalidade correta, prestando atenção a alguns aspectos específicos, fundamentais para ter a consistência tão sonhada:

1- Táticas: como discutido nos tópicos anteriores, o trader tem algumas ferramentas para examinar o mercado. É ele quem tem que pensar em qual perfil ele se encaixa, o tipo de estudos que melhor lhe convém e se concentrar no estudo/desenvolvimento do mesmo. Atualmente, muitas plataformas possuem simuladores nos quais o negociante pode testar suas táticas.

2- Compreensão: Aprenda, aprenda, aprenda… Aprenda, aprenda, aprenda, aprenda e estude! Idealmente, você deve se concentrar em uma escola de estudo, seja ela técnica ou fundamentalista, e escolher o modo desejado (mapeamento, TR) e mergulhar cada vez mais fundo nela. A leitura de livros é bastante apropriada.

3 – Gestão de risco: para ser um trader consistente e ter uma “vida longa” no mercado, este é um critério fundamental. Aprenda a entender: o ponto de entrada, o volume econômico para negociar, os aspectos de parar de perder e parar de ganhar.

Imagine aquele acesso perfeito às suas táticas, você entrou sem hesitar. Perfeito, você seguiu à risca sua tática! No entanto… você não definiu corretamente a parada de perda. Se uma contingência acontecer (sim, estamos sujeitos a ela) e sua negociação for contra você, você precisa saber como agir e parar as perdas. Sem estes critérios em mente, nem comece a comprar, em nome de sua saúde financeira, está bem?

4 – Questões emocionais: provavelmente um dos aspectos mais difíceis de controlar (mas não impossível de domar).

Você nunca será capaz de controlar a compra, no entanto, você mesmo pode controlar. No mercado financeiro, como na vida, quando se tem certas expectativas e elas não são atendidas, é natural criar um sentimento de desapontamento.

E uma vez que isto acontece, o trader pode ter muitos comportamentos negativos, tais como: aumentar a posição sem estar na estratégia/gestão de risco, paralisia (não agir quando já deveria ter saído ou não entrar quando é conveniente), confusão de espírito (ver entradas onde não há nenhuma), hesitação, medo, ansiedade, entre outros.

O resultado final: às vezes, a não-negociação também é negociação. Pare e respire, não precisa estar no mercado o tempo todo. Com o objetivo de encontrar os contras que mais o atrapalham no comércio, faça uma auto-avaliação!

Dicas relacionadas: seja racional em seus estudos e atividades, mantenha o autocontrole, dedique-se a seus estudos, planeje-se uma e outra vez, tente controlar sua ganância, saiba lidar emocionalmente com as perdas (porque elas fazem parte do jogo) e não tenha medo, pois o medo de perder também o impede de ter sucesso.

Como começar a negociar sobre estabilidade econômica e defesa?

Bem, agora você deve se perguntar: como começar a negociar com estabilidade e proteção financeira?

Além de um home broker completo, você tem acesso a uma série de possibilidades técnicas em comparação com plataformas comerciais especializadas.

Oportunidades com atraso de mercado reduzido (DMA4), dados de mercado em tempo real, vários indicadores e gráficos, finalmente, plataformas de alto desempenho tanto para desktop quanto para celular, melhorando ainda mais a maneira como um trader faz negócios.

Com estas ferramentas, você pode se proteger:

1- Stop loss / lucro: é projetado para defender sua saída com lucro ou reduzir sua perda comercial sem ter que ser colado ao seu computador. Tudo o que você precisa fazer é projetar uma assinatura e ela será automaticamente ativada a um custo fixo.

2- Trailing Stop: Imagine que você programou uma ordem de parada de negociação, mas o preço do ativo ainda subiu e você quer defender seu lucro. Neste ponto, uma ordem de parada móvel é um aliado para seu investimento porque você pode planejar seu ajuste comercial, de acordo com o custo que você definir e a parada aumenta automaticamente, “seguindo” o custo.

3- Breakeven: semelhante ao móvel, com a diferença baseada em deslocar a parada perdida para o ponto de entrada e deixá-la lá, constantemente, que a ação evolui favoravelmente e atinge um ponto pré-definido.

4- Ordem OCO: abreviação de Ordem de Abolição, é uma combinação de duas ordens de entrada (lucro e perda) quando sua entrada principal é feita. Se um deles, lucro ou prejuízo, for atingido, o outro é automaticamente cancelado, garantindo que apenas um pedido seja executado, independentemente da mudança de custo.

5- Plataformas comerciais: um trader eficiente precisa de ferramentas que atendam às suas necessidades, dadas as características de seu estilo comercial. E as plataformas comerciais são a melhor opção para isso.

Além do fato de cada plataforma ser um espelho junto com o homebroker, ou seja, a posição aberta em uma poderia ser fechada em outra sem nenhuma desvantagem, elas têm algumas características, entre elas: indicadores, chances de administração de perigo, paradas (incluindo as mencionadas acima), entre outras questões, o trader tem à sua disposição variantes de renda, ainda mais tamanho e variantes robustas, levando ao extremo a negociação a termo!

veja mais: Quais as principais mídias do marketing digital?

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.